She's not a girl who misses much...   on

Água esparramada em cristal,
buraco de concha,
segredarei em teus ouvidos
os meus tormentos.
Apareceu qualquer cousa
em minha vida toda cinza,
embaçada, como água
esparramada em cristal.
Ritmo colorido
dos meus dias de espera,
duas, três, quatro horas,
e os teus ouvidos
eram buracos de concha,
retorcidos,
no desespero de não querer ouvir.

Me fizeram de pedra
quando eu queria
ser feita de amor.


Hilda Hilst


vazio
agudo
ando meio
cheio de tudo.
Paulo Leminski 

As pessoas não morrem, ficam encantadas.
João Guimarães Rosa, no discurso de posse na Academia Brasileira de Letras (ABL)

J,

sem você todos os meus dias viraram longos domingos.


É simples ser feliz.
Difícil é ser tão simples.
O Teatro Mágico.  

sendoheroi disse: Amo isso aqui.

Valeeu cara!


July 24 / 0 notes / compartilhe
Mas por que Alasca?”, perguntei. Ela sorriu com o canto direito da boca. “Bem, depois eu descobri o que significava. É uma palavra de origem aleúte, Alyeska. Significa ‘aquilo em que o mar bate’, e eu adorei. Era grande, como eu queria ser.
John Green.  

Eu ando pelo mundo e saio procurando em cada esconderijo secreto alguma luz que ilumine meus olhos, que clareie minha visão e limpe essa minha vista embaçada, maltratada de tanto enxergar o errado, os abandonos, as tragédias desse mundo que chega a ser doentio. Eu conheço meus passos em qualquer que seja o caminho, eu me encanto com as paisagens e fotografo em minha mente toda a natureza, que por mais que os anos passem, e as folhas caíam, as árvores cresçam, continua a mesma, o azul é lindo, o mar é enorme, o vento é aconchegante, por um segundo eu penso que não tenho do que reclamar, mas esse segundo passa rápido, tão rápido que não tenho tempo de aproveitar. ” Eu ando pelo mundo, e meus amigos, cadê?” Creio eu que ainda tenho tempo de sonhar e viajar entre essas montanhas, há ruas que ainda tenho de encontrar, os dragões ainda podem existir?
Eduardo Alves, indeferindo.

theme por: romanceais